quinta-feira, 17 de junho de 2010

500 Visitas !!!


Quem diria, 500 visitas estouradas já no blog!!!!!!!!!!!

Escrever é mais que mostrar a cara, é mais que colocar fotinho no Orkut, ou comentar algo no Facebook. Apesar de também fazer isso tudo, dou uma mãozinha pra física, pois escrever é colocar a idéia em movimento.

Quando escrevo, (bem ou mal) seria como se colocasse um espelho dentro de mim e virasse pro mundo, fica tudo exposto: os erros de português (que mesmo com o cuidado, pode escapar) suas conjuções, adjuntos e toda uma sintática que vai além das modinhas auditivas que perambulam o nosso aparelho auditivo (que ultimamente têm sido um estupro).

Nosso humor também pode ficar visível, pois às vezes escrevemos humor mais leve, e estamos tristes, o contrário também vale. Às vezes romantizamos uma crônica quando nós somos o personagem principal deixando isso no mistério... enfim... fora quando escrevemos coisas horríveis e tomamos pauladas (eu, pelo menos tomo).

Sem falar da nova ortografia, que não consigo me adaptar, ficamos uma vida inteira escrevendo de um jeito numa língua que já é uma das mais difíceis, e num ensolarado dia as "Vossas Excelências" decidem outra coisa.

Mas quero passar deste ponto. Começei como uma brincadeira particular e até falava em nunca me dedicar à um blog, pois amigos já escrevem e sei da dedicação (e também sei que ando devendo), mas mesmo assim foi .. e foi mesmo.

Tenho aproximadamente dois meses no ar apenas 20 textos aproximadamente e já atingi a marca de 500 visitas, punhado de seguidores e os que lêem e comentam... os que não comentam... fora os apenas curiosos. (Ei você, me segue aí do ladinho é só clicar, logar e entrar pra turma... hehehehe)

Só tenho a agradecer a todos que de certa forma me abraçam todos os dias, pois quem dá alguns minutos de atenção à um texto meu é como se brincasse com meu filho. E não deixa de ser... ele nasce da gente. (Vavá, beijo pá tu e seu Mula Ruge aí no Rio... visitem o blog dela eu "Riiicomendo" aí do lado). Ela me deu uns toques iniciais e agora, acredito eu, ando sem as "rodinhas da bicicleta".

Quero continuar fazendo desta brincadeira uma desopilação de idéias, e óbviamente SenTiMenTos. Vindo de todas as formas, que já estão acostumados a ver: crônicas, poemas, maluquices, textos sem compromisso, coisas boas, coisas ruins. O que importa é a autonomia de criar coisas novas e não ficar parado no mesmo lugar.

À todos vocês, meu muito obrigado.

Silvinei Alexon



Um comentário:

  1. essa questão das visitas mexe com a gente porque é o palpável daquilo que fica nas entrelinhas de ter um blog. escrevemos o que vem de dentro, mas é bom ter a certeza de que o que exteriorizamos está sendo mostrado ao mundo. acho que essa vontade de ser lido faz parte, existe em cada blogueiro, embora uns liguem menos para isso que os outros. mas o fato é que ninguém escreve para si mesmo publicando na internet. então, vida longa ao SenTiMenTos! parabéns pela iniciativa e pela perseverança de criá-lo e seguir com ele (não é fácil, eu sei...). como (sa)fada 'madrinha', espero sempre colaborar, inspirar, polemizar com os rugidos da mula que há em mim! beijo grande

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails