segunda-feira, 15 de novembro de 2010

2.000 visitas...!


O Blog depois de meses no ar, chega a marca de 2.000 visitas.

Pra muitos pode não ser nada ou pouco, mas sinceramente quando se cria algo com a intenção de mostrar a cara falando da vida e às vezes fazendo crônicas dela, preservando fatos descritivos e pessoas - cabendo lembrar que se convencionou chamar isto de Ética – fez com que inclusive me aventurasse em loucuras literárias de humildes poemas e junção de palavras.

Algumas histórias/crônicas que e em alguns casos nem precisam ser reais, criaram desconforto à alguns, alegria ou identificação à outros (o que é normal). Me proporcionaram o absurdo de ver até um alvo correr pra acertar a bala, assim como reencontrei pessoas que sequer deixam comentários mas depois mandam-me uma mensagem pra dizer o quanto à toquei com o que escrevi.

Estas reações não tem variações, pois o mínimo que tu pode esperar de retorno, vem automáticamente: pedras ou aplausos. Aceito os dois da mesma forma, mas com um diferencial – sei dar valor a quem me agracede e retribuo, e sei tratar com respeito quem me bate, pois a culpa entrega gratuitamente e o "esperneio" é livre. Mesmo que tenha usado a (repito) Ética de um texto limpo.

O Blog cresceu naturalmente, tenho queridos amigos que lêem até fora dos meus rincões... Pra alguns exaltados sempre é bom algumas observações: este espaço não é pra baixarias, pregações religiosas de pseudo pastores filósofos em busca de sermões espirituais, e não estou me referindo à nenhum dos meus seguidores... que o alvo corra atrás da bala novamente. Mas é ótimo saber que mesmo com esta atitude tenho inclusive leitores com esta diversidade cultural.

O Blog nasceu mesmo pra ser livre. Não confunda isto com palavrões que escrevo ou expressões chulas, isto é realmente a minha "licença literária" que as vezes não há outra palavra que se se imponha com tamanha potência.

Quando comecei SenTiMenTos, o fiz pra exorcizar a ânsia que tinha dentro de mim por sofrimentos, dores, mágoas... os sentimentos bons também, mas os ruins sempre estiveram ainda assim presentes nos textos, pois instigar, contestar, fazer pensar foi uma das primeiras bandeiras que levantei aqui. E sei que não sinto sozinho tudo isso que bate em meu peito.

Portanto, meu muito obrigado à vocês todos, e vida longa (mesmo que um pouco preguiçosa) ao SenTiMenTos.

Meu profundo carinho.

SiL



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails