sábado, 20 de novembro de 2010

arrogância

Manifestos tão gratuitos pela rede e que se proliferam a vida inteira, hoje são usados como bodes espiatórios pra chicotear quem levanta a bandeira burra da segregação, seja ela racial, sexual ou econômica e quem bate, não me convence que não o faz "cenicamente" gritando na mídia a sede de justiça e igualdade, pra depois, em casa, ser bem servido pela "preta velha" ou a "nordestina" que não consegue emprego e se atira em qualquer possibilidade. Mas agora vai... a justiça vai andar de vez, porque hoje temos a solução da humanidade: Twiter, Facebook e afins...

Esta classe hipócrita é na sua maioria, formada pelos mesmos brasileiros arrogantes que um dia vão pra Disney e voltam como se tivessem feito o Caminho de Santiago de Compostela descobrindo o seu "eu interior"... ou então vão pra Miami e voltam com o rabo no meio das pernas cheio de bugiganga e a fatura do cartão fudida, deslumbrado por um país tão quanto ou até mais racista e xenófobo que nós mesmos, mas o que tá na moda mesmo é copiar, então lá eles inferiorizam os mexicanos, brasileiros, e qualquer coisa que não seja de origem "Tio Sam"... aqui vamo jogar pedra nos pobres.

Convivemos com pessoas que moram no meio da merda e do mijo onde o bairro sequer tem nome (como se isso tivesse alguma diferença), e que condena à forca quem vem de bairros emergentes. Colocam como parâmetro que a sua escolha eleitoral, define o nível de inteligência, e logo sua expurgação de joio do trigo. Parece que ela fazia Direito... mais uma pra anos depois fazer que nem a vagabunda da juíza que maltravava a filha adotiva... e que talvez tenha negado muito pedido de guarda de pai (como eu) por uma mera razão de "estar a fim".

Grava na pedra o rótulo de inferior em quem vem da humilde criação de família, e não parou pra ver que está tão mais arrombada que o próximo que vem chegando. Senta no avião e quando olha pro lado vê seu vizinho e fica irritado pensando que este deveria ser um privilégio só seu. Se acha melhor a ponto de bater e machucar alguém, só porque na hora de trepar... a posição que o outro gosta não é a mesma que a dele...

Nunca precisei de Twiter ou Facebook pra descobrir isso ou fazer polêmica e dar fama pra ninguém. Sempre imaginei esta visão da mesquinharia humana... me bastei ouvindo um vinil do Chico há trocentos anos atrás e pensei: como ele foi feliz jogando a pedra na Geni...

Disseram que a gente descesnde do macaco... pobre macaco... que sacanagem!

2 comentários:

  1. Adorei !!
    Gosto dessa forma irônica no escrever.
    Continua assim ,instigando as pessoas a pensarem...
    E lembra inveja e palavras maldosas ,sinal de ibope =dor de cotovelo (uma linguagem mais corriqueira

    ResponderExcluir
  2. Eu ADOOOOROOO a sua forma de escrever. Sou fã mesmo dos ares de pensamentos aos quais nos dispõe, e dispõe ricamente nestas palavras, envoltas na mesma ironia com a qual somos tratados por burguerses pseudo libertários, como esses que você, tão maravilhosamente descreve aqui.

    Obrigada SEMPRE por dividir conosco suas idéias e palavras.

    Bjsss,

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails