sexta-feira, 26 de novembro de 2010

"Hell" de Janeiro

Acredito fielmente que duas empresas de logística têm eficiência no Brasil: os Correios e o Tráfico S/A. Os caras fazem mega-operações direto de seus escritórios (presídios), custeados por babacas como quem escreve este texto e também... não quero te ofender, mas se tu tá esperto já sabe como termina a frase. Mas que é a real é, fala sério!?

Não bastasse, ainda oferecemos pra vagas deste monopólio do "lado negro da força", passagens aéreas pra todos os Estados do Brasil, guarda-costas armados mais escoltas para passeios urbanos. Comida? Sim, muita e de qualidade. Serviços de quarto diversos... e se um dia estiver estressado e resolver atear fogo no seu colchão... no outro dia terás outro com certza. Visita íntima, e a camisinha, lubrificante, sais de banho + uma espumante estão no pacote. Enfim, candidate-se e viva entre os resort´s mais rentáveis do planeta.

O que está se vendo há dias no Rio, nada mais é que uma estruturação montada pra desmantelar a logística de território que há muito não é mais das pessoas de bem. Pela primeira vez na vida posso encher a boca pra falar que o exército serviu pra algo, porque de nada adianta uma nação com armamentos empoeirando (independente de ser novo ou velho... o que importa, "negrinho" é que são de aço, e bem pesado) como os tanques que tenho visto ultimamente.

Só me pergunto algumas coisas:::??? Porquê isso nunca aconteceu antes? Porquê esse entrelaçamento entre poderes da segurança pública e forças armadas demorou pra se unir de maneira tão potente? Eu vou me dar o direito de usar o meu lado "espiritual" com a experiência de órgão público... vaidade, pura vaidade gestora. E isto é que nem umidade em casa de alvenaria: não damos nada à princípio, mas depois de anos grudada e vista de longe... tu vê a porcaria que dá.

A Marinha se mobilizou em 12 horas segundo o comando da operação... Dá pra se ter noção, comandar a quantidade de gente e distrbuição estratégica que isso envolveu ao todo? Já tava mais do que na hora.

Pelo bem pelo mal, melhor tarde do que nunca... e o que me deixa com um sentimento estranhamente bom e que me paralisou olhando pra TV ontem pensativo... foi ver a opinião da gelara nas ruas uníssona falando que o bem vai vencer.

Sabe, isso soa como música nos ouvidos... o carioca se abaixando pra passar pelo tiroteio e ainda consegue ser otimista. Só que não é aquele otimismo barato de anexo power point nos emails insuportáveis, é uma resposta de crença de que parece que baixou uma fé poderosa na polícia como nunca se viu antes...

Eu também quero passar a pensar assim, já pensou se a gente vence mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails