quarta-feira, 15 de junho de 2011

ética

A preocupação com os impulsos da corrupção e violência somados à falta de educação e perspectiva, conflitua com uma sociedade caótica, trazendo à conclusão óbvia de que há muito tempo a ética deixou de ser praticada. (Que novidade! Descobri o Brasil!)

Os indivíduos voltam-se para as suas necessidades sem pensar nas do semelhante, e na ânsia da busca dos objetivos comuns e metas (seja lá quais forem), perde-se a completa noção de respeito e civilidade. Muitas informações são jogadas a todo instante, faltando percepção para reciclar as que realmente agregariam maior enriquecimento. As novas gerações crescem já desconhecendo os valores praticados pelos avós numa sociedade cada vez mais mutante.

Paralelamente à isso, consequências catastróficas pela falta de ética são exercidos pelo poder público, num verdadeiro "delírio coletivo" de corrupção consumindo verbas que muito serviriam para necessidades básicas da população. Educação seria uma delas, pois é a grande propulsora do desenvolvimento de verdadeiros cidadãos e consequentemente éticos em sua plenitude.

Essa ausência de valores, atrofia cada vez mais a cultura potencial de grandes países em desenvolvimento. Gerações que herdarão esta sociedade, vão arcar também com os resultados já alarmantes de um mundo onde ética só existe mesmo no dicionário, e muitos acreditam ainda que se escreve com "h".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails